Curitiba

Homens são assassinados a tiros em madrugada violenta na capital

Os casos, que não têm relação, aconteceram em um intervalo de aproximadamente uma hora

Luis Cesar Ribeiro de Melo, 28 anos, foi morto a tiros, no bairro Parolin (Foto: Reprodução RICTV)

*Com informações do repórter Marcelo Borges, da RICTV Curitiba

A madrugada desta quinta-feira (12) foi marcada pela violência, em Curitiba. Dois jovens foram mortos a tiros em pontos diferentes da cidade. Os casos não têm relação.

O primeiro deles aconteceu na rua Lamenha Lins, no bairro Parolin. Luis Cesar Ribeiro de Melo, 28 anos, estava de bicicleta, quando foi surpreendido e baleado diversas vezes. Segundo informações dos familiares, ele era viciado em drogas e já tinha sido preso. A polícia ainda não tem nenhuma pista sobre o autor dos disparos.

Cerca de uma hora depois, outro homicídio foi registrado na capital paranaense. Um rapaz de aproximadamente 20 anos foi executado no bairro Santa Quitéria. Os moradores ouviram os tiros e avisaram a polícia.

Quando os socorristas chegaram, a vítima já estava morta. O jovem, que não foi identificado, estava com um tênis em uma das mãos. De acordo com a polícia, no local, surgiram informações que apontam que o atirador fez justiça com as próprias mãos, após o suposto furto de um tênis. A Divisão de Homicídios investiga o crime.  

Veja também:

Envie seu comentário

Comentários (0)

Criança de 10 anos vira caso de polícia por ameaças e agressões em escola

Na tarde desta quarta-feira (11), ele foi até a cozinha pegou uma faca e começou a ameaçar a todos

Jovem esfaqueado pede ajuda para a família

Caso aconteceu no bairro Santa Quitéria, em Curitiba

O rapaz foi socorrido na garagem da casa de familiares (Foto: Reprodução RICTV)

*Com informações do repórter Marcelo Borges, da RICTV Curitiba

Um jovem de 27 anos foi esfaqueado, no início da madrugada desta quinta-feira (12), no bairro Santa Quitéria, em Curitiba. Após ser golpeado, Bruno Fonseca Barbosa, de 27 anos, pediu ajuda na casa dos familiares. Foram eles que ligaram para o Corpo de Bombeiros.

Durante o atendimento, o rapaz disse que conhece o autor das facadas, e o motivo seria um acerto de contas. Ele foi levado ao Hospital do Trabalhador, onde segue em observação. As informações foram repassadas aos policiais militares que atenderam a ocorrência.

Veja também:

Envie seu comentário

Comentários (0)