Curitiba

Empresa japonesa lança joia para usar balançando entre as pernas

O design apresenta uma corrente que entra dentro do fundo do biquíni, com cristais que pendem nas correntes entre as pernas

A novidade foi batizada de Beachtail ("rabo de praia") (Foto: Divulgação)

*Do R7

Uma empresa japonesa está vendendo o que pode ser uma das mais incômodas e impraticáveis peças de jóias já inventadas. Lançada pela BoDivas, a novidade foi batizada de Beachtail ("rabo de praia"), e deve ser utilizada na calcinha do biquíni, de modo que o adereço dance entre as pernas. "O colar pode ser charmoso, mas incomoda", avalia o site Design You Trust.

A BoDivas, com sede em Tóquio, está oferecendo este item estranho, que eles descrevem como "encantos sexy para bifurcação de biquini". O design apresenta uma corrente que entra dentro do fundo do biquíni, com cristais que pendem nas correntes entre as pernas. Feitos no Japão, estão sendo vendidos por cerca de US$ 20 cada.

A empresa chama estranhamente a jóia "classy" e "muito original", acrescentando que, além do fundo de biquíni, também podem ser usados com calcinha, tanga, tangas e shorts. Cada peça apresenta um grupo de correntes de metal com direito a pedrarias. Há também duas correntes soltas que se equilibram entre as pernas, com aproximadamente 7,5 centimetros e são feitas de bronze ou prata com rhodium.

Alguém se arrisca?

 

Envie seu comentário

Comentários (0)

Chega de ansiedade

A temida ansiedade pode ser controlada, e é mais simples do que parece.

20170807_120800_-_ansiedade.jpg

Ouvimos muito sobre ansiedade e temos sempre a sensação de que ela representa algo ruim e incontrolável. Hoje ela é um dos principais motivos de procura por terapeutas e psiquiatras. Mas entender como ela funciona e saber que ela pode ser controlada pode ajudar a enfrentar esta vilã. Existem várias definições sobre ansiedade, mas de uma forma objetiva podemos dizer que ela é um medo ou apreensão, com algo que vai acontecer no futuro, ou ainda algo que não seja percebido pela pessoa. Ou seja, é possível ficar ansioso por medo de sofrer um assalto em casa ou ficar ansioso aparentemente sem motivo algum. Os sintomas físicos mais comuns de ansiedade são taquicardia, boca seca, sudorese, tremor nas mãos e pernas, sensação de falta de ar e tontura. Com o passar do tempo e a ausência de tratamento adequado outros sintomas começam a aparecer, como a queda de cabelo, alteração de sono e apetite, alergias e problemas no estômago. Junto com estes sintomas físicos existem alguns sentimentos que podem vir associados como um grande pessimismo e uma dificuldade em encontrar uma saída, sensação de alerta constante, grande medo de morrer. Todos estes sentimentos e sintomas geram um grande desconforto e podem comprometer a rotina e qualidade de vida. Imagine-se com um grande medo de ficar em casa sozinho associado ao pensamento de que a qualquer momento o ladrão pode entrar, e ainda acompanhado de sintomas físicos como taquicardia e sudorese. É possível que depois de algum tempo você mal consiga ficar em casa sozinho, ou acabe se mudando para um lugar que considerar mais seguro. Mas calma, existe solução para isso. Imagine seguindo um “roteiro anti ansiedade”: Avalie se seu medo faz sentido, se ele é real. Se for tome providências para garantir sua segurança, se não for avalie o motivo de vivenciar isso com tal intensidade. Respire e inspire por alguns minutos, para assim conseguir acalmar-se momentaneamente e diminuir o impacto dos sintomas físicos. Ter a percepção física de tranquilidade vai te ajudar a reequilibrar seu estado emocional. A longo prazo, use recursos para te ajudar a manter a calma, como músicas, leituras etc. Pratique atividades de laser, faça algo que te dê prazer e traga tranquilidade. Relaxar a mente é fundamental para mandar a ansiedade embora. Pratique o autoconhecimento, fazendo terapia. Entender causas e consequências ajuda a enfrentar a ansiedade com todas as suas armas. Simone Steilein Nosima - Psicóloga e Coach - CRP: 08/09475

Envie seu comentário

Comentários (0)

Mulher posta foto de "look para velório" de amiga e viraliza na internet

Look do dia para velório gerou polêmica e, com a repercussão da gafe, o perfil foi bloqueado

Look preto para o velório da "super amiga" (Foto: Reprodução/Instagram)

Quem nunca viu uma postagem em rede social e pensou: "A que ponto chegamos?".

Sueli Toledo, que se autointitula como 'digital influencer' e atriz, viralizou nas redes sociais no início da semana após publicar em seu Instagram uma foto com o "look do dia” para o “velório de uma super amiga”.

O perfil @suelitoledooficial tem quase 29 mil seguidores e foi bloqueado após a enxurrada de críticas que recebeu de internautas.

“Perdeu a amiga, mas não o bom gosto”, dizia um dos comentários. “Sem noção”, criticou outro. Houve ainda quem defendesse a moça: “Linda. Não ligue para as críticas dos invejosos”.

A página Diva Depressão, no Facebook, publicou um print da publicação e avisou com o bom humor de sempre: “Se me aparecer de (sandália) gladiadora eu levanto do caixão”.

Veja o post completo:

 

O luto nas redes sociais

Com a facilidade de acesso à internet e aos smartphones, as gafes em cerimônias fúnebres têm sido cada vez mais comuns na internet.

Recentemente a cantora gospel Ana Paula Valadão foi alvo de críticas de internautas por publicar uma foto segurando a mão da avó morta em uma homenagem:

 

O velório de Eduardo Campos, presidente do PSB e então candidato à presidência da república, morto em um acidente de avião em 2014, também rendeu momentos contrangedores na internet. Teve selfie com o caixão do político ao fundo e até selfie com a viúva do presidenciável durante a cerimônia.

 

A morte do cantor sertanejo Cristiano Araújo durante um acidente de carro em 2015 gerou comoção e também revolta nas redes sociais. Dois funcionários da clínica onde o corpo do artista foi preparado compartilharam selfies com o corpo pelo WhatsApp e tiveram que responder criminalmente por isso. Além de serem demitidos, eles foram indiciados por crime de vilipêndio.

 

 

Veja também:

Envie seu comentário

Comentários (0)