Curitiba

Infestação de caramujos preocupa população de Marialva

A Vigilância Sanitária ainda vai analisar se a espécie pode transmitir doenças, mas pede que a população de Marialva evite contato com os caramujos

Os caramujos podem espalhar doenças para os moradores de Marialva (Foto: Reprodução/ RICTV)

*Com informações da repórter Paloma Moares, da RICTV Maringá

A população de Marialva, no noroeste do Paraná, estão preocupada com uma infestação de caramujos na cidade. Um vídeo gravado, no último sábado (31), por uma moradora do bairro Jardim São Pedro impressiona. Nele, é possível ver dezenas de caramujos em um terreno que aparece completamente infestado.

Os caramujos costumam aparecer em terrenos baldios que têm mato alto e grande quantidade de entulho. A equipe de reportagem da RICTV Maringá foi a um desses locais para conferir a situação.

Claudio Barbosa diz que, sempre que chove, a infestação de caramujos acontece. O aposentado José Carlos de Oliveira, afirma que o problema com os caramujos existe na cidade há pelo menso 30 anos.

Outros habitantes de Marialva disseram já ter se acostumado com a situação e que, muitas vezes, acabam tirando os moluscos de casa com as próprias mãos.

Veja também: Pepino gigante de 41 Kg é colhido em Cascavel, no Paraná

Mas o coordenador da Vigilancia Sanitária, Jacob Alves de Souza, diz que é preciso evitar o contato com os caramujos. Eles ainda precisam ser analisados, mas, se forem da espécie africana Achatina fulica, podem transmitir doenças.

Para ajudar na identificação do animal, Jacob pede para que população denuncie à Vigilância Sanitária os locais com infestação de caramujos. Assista à reportagem:

Leia também:

Envie seu comentário

Comentários (0)

Colisão no centro de Jandaia do Sul deixa motociclista ferida

O carro teria cruzado a preferencial na Rua José Maria de Paula e atingido a moto

Dupla é presa com quatro vacas dentro de Fiat Uno no interior de SP

De acordo com informações da polícia, incidente aconteceu por volta de 1h de domingo (1). No dia seguinte, os dois suspeitos foram liberados

Quatro vacas foram furtadas de fazenda em Queluz. (Foto: Reprodução/Polícia Militar SP)

Dois homens foram presos pelo furto de quatro animais em Cruzeiro, no Vale do Paraíba, interior de São Paulo, por volta de 1h do último domingo (1).

De acordo com informações da polícia, os supeitos de 36 e 42 anos, foram flagrados transportando dentro de um Fiat Uno quatro vacas. A abordagem ocorreu na rua São Camilo, bairro Vila Brasil.

Eles confessaram aos policias que pegaram os animais em uma fazenda no município de Queluz, no Rio de Janeiro. A distância entre Queluz e Cruzeiro é de aproximadamente 30 quilômetros.

A dupla já tinha passagem pela polícia por roubo, furto e tráfico. No dia seguinte, no entanto, foram liberados.

Assista o vídeo:

Leia também:

Envie seu comentário

Comentários (0)