Curitiba

Resumo de 'O Rico e Lázaro' da semana de 14 a 18 de agosto

Edissa tenta se esquivar do rei, mas Nabucodonosor ordena que ela o obedeça e Darice não tem coragem para matar Shamiran

O Rico e Lázaro vai ao ar de segunda a sexta, a partir das 20h30 (Reprodução/Record TV)

Segunda-feira, dia 14 de agosto

Amitis pede para o rei parar imediatamente. Bêbado, Nabucodonosor tenta acertar Madai, mas acerta a orelha do servo. Malca faz amizade com Joana. Matias trata Gadise com frieza. Em conversa com Zac, Elga não diz com quem pretende casar. Daniel diz amar Lia. Matias encontra uma peça de roupa feminina na sinagoga e estranha. Joana apresenta Malca aos familiares. Durante o banho, Zac se lembra de Joana e Malca. Gadise retorna ao palácio. Shamir e Tamir pedem ajuda à Zelfa para cuidar das barracas. Edissa visita Joaquim. Lior serve Zabaia na Casa da Lua. Asher e Aksumai seguem para Meroé. Amitis recebe Gadise. Malca é apresentada à Elga. Daniel procura os sábios e avisa que precisa falar sobre a escravidão dos hebreus. Sammu-Ramat se irrita com a indiferença de Nebuzaradã. Ela encontra Rabe-Sáris bêbado e o seduz. Zelfa quebra os ídolos vendidos por Shamir e Tamir. Elga encontra Ilana e fala de sua vontade em se casar novamente. Sammu-Ramat manda Rabe-Sáris se deitar em sua cama. Zabaia e Beroso discutem sobre o lucro da Casa da Lua. Gadise sente tontura. Nitócris discrimina Raquel e Dalila.  Fassur encontra Elga e diz que agiu por impulso. Darice vai até o quarto de Shamiran e tenta disfarçar a tensão. Zabaia entra no quarto de Sammu-Ramat e flagra a sacerdotisa aos beijos com Rabe-Sáris. Nabucodonosor elogia a beleza de Edissa e ordena que ela prepare seu banho.

Terça-feira, dia 15 de agosto

Edissa tenta se esquivar do rei, mas Nabucodonosor ordena que ela o obedeça. Darice não tem coragem para matar Shamiran. Sammu-Ramat manda Rabe-Sáris sair de seu quarto e é ameaçada por Zabaia. Fassur tenta se livrar de Elga. Neusta discute com Nitócris. Amitis autoriza a entrada das servas na piscina do harém. Zabaia chantageia Sammu. Evil e Arioque falam sobre o comportamento do rei. Aspenaz encontra Nabonido e avisa que Daniel deseja vê-lo. Rabe-Sáris mente para Nebuzaradã sobre a noite anterior. Daniel pede a ajuda de Nabonido e Evil para acabar com a crueldade no tratamento aos escravos. Naomi diz que é preciso manter a fé. Evil-Merodaque diz que está do lado dos hebreus. Nabucodonosor pede para Edissa ajudá-lo a tomar banho. Gadise é amparada por Aspenaz. Asher conta sobre seu passado para Aksumai. Nabonido também diz apoiar Daniel. Joana vê Fassur se aproximando e se afasta. Oziel olha Dana com desejo. Fassur se antecipa às falas de Elga e diz que ela pretende se casar. Amitis chega ao quarto do rei e ordena que Edissa se retire. Beroso encontra Isaque, pai de Malca. Eles conversam sobre Zac. Joana agradece pelas lãs dadas por Zac. Nabonido conversa com Nitócris e ela diz que Daniel não pode tentar dominar o reino. Rabe-Sáris encontra Nebuzaradã e diz que Zac não é mais noivo de Joana. Joana acolhe algumas pessoas miseráveis na casa de Ravina. Talita e Samira costuram roupas para o enxoval. Sammu-Ramat propõe um casamento para Darice. Enquanto cuida dos pobres e necessitados em sua casa, Ilana escuta batidas na porta. Ela se assusta ao se deparar com Nebuzaradã e Rabe-Sáris.

Quarta-feira, dia 16 de agosto

Nebuzaradã avisa que não permitirá a presença das pessoas carentes no reino. O Chefe da Guarda Real expulsa as pessoas da casa de Ravina. Joana tenta impedir, mas Zac pede para ela ter calma. Absalom convida Matias para ir até a Casa da Lua. Zabaia troca segredos com Larsa. Sammu-Ramat ordena que Darice se case com Zabaia. Nitócris chega e chama a sacerdotisa para uma conversa. Raquel diz estar à disposição de Shamiran. Aspenaz reclama do comportamento de Belsazar. Joana diz que falará sobre a atitude de Nebuzaradã com o governador Daniel. Sammu-Ramat diz precisar de um objeto de Shamiran para enfeitiça-la. Influenciado por Absalom, Matias bebe e joga na Casa da Lua. Joana encontra Daniel e diz que Nebuzaradã impediu o auxílio às pessoas necessitadas. Gadise estranha a ausência do marido. Matias gosta de jogar e começa a apostar valores mais altos. Daniel pede uma audiência com o rei. Nebuzaradã troca farpas com o governador. Os sábios se encontram com suas esposas. Daniel pede para o rei dar um pouco de dignidade aos escravos. Tamir e Shamir reclamam por Zelfa ter quebrado os terafins. Beroso empresta dinheiro para Matias jogar mais. Arioque e Hurzabum sentem falta de Shag-Shag. Nabucodonosor não atende aos pedidos de Daniel e Evil. Rabe-Sáris provoca Joaquim. Amitis tenta acalmar o rei. Lia e Daniel trocam palavras de amor. Joana tem um pesadelo com Asher. Shamiran tenta apoiar Evil. Nabucodonosor acorda desesperado depois de te rum pesadelo.

Quinta-feira, dia 17 de agosto

Daniel diz que continuará lutando a favor do povo de Israel. Matias mente para Gadise sobre a noite anterior. Nabucodonosor pede para Daniel interpretar seu sonho. Edissa comenta sobre a atitude do rei em seu quarto. Naomi lembra do trauma com Fassur. Neusta pede para Joaquim ter calma. Desconfiando da incapacidade de Nebuzaradã ter filhos, Sammu diz à Darice que tentará engravidar de Rabe-Sáris. Nitócris disfarça e rouba um fio de cabelo de Shamiran para o feitiço de Sammu. Ebede-Meleque apoia Gadise. Daniel decifra o sonho de Nabucodonosor e diz que se o soberano não mudar o coração, ficará afastado dos homens sete anos, como um animal. O rei fica atordoado com as palavras do governador e pede para ficar sozinho. Malca visita a família de Joana. Zac se propõe a ajudar Tamir e Shamir. Zabaia encontra Larsa e fala das vantagens que recebe por ser pai de Sammu. Hurzabum procura por Shag-Shag. Daniel lê a carta de Jeremias sobre a queda da Babilônia.

Sexta-feira, dia 18 de agosto

Hurzabum e Lior correm atrás de dois moleques que estão roubando. Zac vai até a casa de Joana e encontra Malca. Fassur não encontra resposta para dar ao sermão de Zadoque. Daniel fala sobre o sonho de Nabuco com os sábios hebreus. Nebuzaradã diz não admitir que Evil assuma o poder. Nitócris entrega a maquiagem e uns fios de cabelo de Shamiran para a sacerdotisa. Raquel cuida de Shamiran. Matias convida Absalom para voltar na Casa da Lua. Samira e Talita ignoram Zelfa. Isaque, pai de Malca, vai até a casa de Elga e pede para falar com Zac. Fassur chega no mesmo momento. Arrasado, Asher segue para longe da Babilônia com os pensamentos em Joana. Hurzabum diz que apresentará Joana a Lior. Zac fica tenso ao ver Lior. Sammu-Ramat inicia um ritual com os cabelos de Shamiran. Evil se desespera ao ver a esposa desmaiar em seus braços. Raquel corre para avisar sobre o estado de Shamiran aos reis.

Envie seu comentário

Comentários (0)

Resumo de 'Os Dez Mandamentos' da semana de 14 a 18 de agosto

Moisés diz a Ramsés que não pode ajudá-lo a reconquistar Nefertari e que espera que ele entenda seus motivos, mas Ramsés insiste e diz que ele é o único capaz de fazer com que ela o perdõe

(Reprodução/Record TV)

Segunda-feira, dia 14 de agosto

Moisés diz a Ramsés que não pode ajudá-lo a reconquistar Nefertari e que espera que ele entenda seus motivos.  Ramsés insiste e diz que ele é o único capaz de fazer com que ela o perdoe. Miriã discute com Joquebede e diz que não se casará com Hur só para ficar perto de Moisés. Amália sugere que eles fiquem apenas noivos, deixando-as surpresas com a sugestão. Ramsés pede perdão a Paser por tê-lo feito mentir para todos sobre sua saúde. Ele diz que assim que se casar com Nefertari o tornará Sumo-sacerdote. Paser agradece, mas diz que talvez Nefertari não queira mais se casar com ele. Ramsés diz em tom ameaçador que ela se casará com ele quer queira, quer não.  Moisés procura por Nefertari e diz que ela deveria perdoar Ramsés. Nefertari diz que ele não deveria estar ajudando Ramsés e braveja com ele, pedindo para ele confessar que a ama. Moisés não consegue esconder seus sentimentos e diz que a ama mais do que tudo na vida. Henutmire fica completamente encantada com a joia que Hur fez para ela. Yunet percebe o olhar apaixonado de Hur para a princesa. Hur conta para Henutmire que Moisés o procurou para falar da sua família hebreia e a deixa preocupada. Nefertari tenta beijar Moisés, mas ele a evita, deixando-a completamente frustrada. Henutmire flagra Disebek aos sussurros com uma serva. Moisés briga com Ramsés e diz que ele é quem tem que se resolver com Nefertari. Moisés vai atrás de Hur e ordena que ele o leve até a vila dos hebreus, deixando-o angustiado. Hur diz que o rei pode acusá-lo de traição e Moisés volta atrás, mas diz que não desistirá de encontrar sua família. Tuya descobre que Ramsés fingiu estar à beira da morte para conquistar Nefertari e vai até ele para tirar satisfações. Ramsés se desculpa para a mãe e implora para que ela não conte para Seti. Tuya o alerta e diz que o rei jamais permitirá que Nefertari seja rainha. Yunet trama um plano com Ramsés para que ele reconquiste Nefertari. Ramsés contrata um assaltante para surpreender Paser no mercado, enquanto ele fica à espreita para salvá-lo na frente de Nefertari. Nefertari caminha pelo mercado e se desespera ao ver Paser sendo ameaçado por assaltante com um punhal. Moisés vê a cena e corre para socorrer Paser.Ramsés consegue amolecer o coração de Nefertari e ela o perdoa, fazendo-o prometer que não mentirá de novo. Moisés salva Paser antes que Ramsés chegue para concretizar seu plano, e o deixa enciumado.  Disebek pede desculpas a Henutmire e diz que só tem olhos para ela, mas não a convence.  Bezalel choraminga com saudades da mãe e Uri diz que irá trazê-la para morar com eles no palácio.  Moisés e Bakenmut perseguem bandido pelo mercado. Moisés se choca com Joquebede e fica bastante aflito ao ver que a derrubou. 

Terça-feira, dia 15 de agosto

Joquebede olha incrédula para o filho e desmaia diante da emoção de tê-lo visto. Bakenmut captura o assaltante e lhe corta a garganta, temendo que ele entregasse o plano de Ramsés. Moisés fica penalizado ao ver a cena, mas Bakenmut diz que ele era um homem perigoso. Miriã socorre Joquebede e as duas ficam emocionadas ao se lembrarem do encontro com Moisés. Nefertari fica preocupara ao ouvir de Paser que Ramsés não aceitará um não como resposta ao seu pedido de casamento. Henutmire convida Hur para um passeio pelo Nilo e diz que ele tem sido um bom amigo. Disebek os vê juntos e fica enciumado. Leila se nega a ir para o palácio com Uri e ele diz que não permitirá que ela veja Bezalel, deixando-a desesperada. Ele a olha com carinho e não resiste, dando-lhe um beijo apaixonado. Moisés se lembra da serva misteriosa que o visitou na prisão e tem um estalo, desconfiando que ela seja sua verdadeira mãe. Moisés mente para Henutmire e diz que não deseja mais saber sobre sua família hebreia. Uri fica mexido com o beijo e pede a Leila que aceite seu pedido para ficar no palácio. Leila diz que ficará uns dias e depois voltará com Bezalel para a vila. Apuki comemora o fim das obras e diz a Judite que o rei ficará impressionado com seu trabalho.   Uri conta para Joquebede que Moisés pensa que sua verdadeira mãe está morta e a deixa em choque. Ele diz que Moisés anda preocupado com sua verdadeira família e que isso pode ser um risco para eles. Num dá uma represália em Arão e diz que seu plano de sabotar a obra irá prejudicar muitos inocentes.  Disebek diz a Henutmire que Moisés desconfia que Joquebede é sua verdadeira mãe e que ele pretende procurar por ela. Henutmire se desespera e diz a Disebek que eles têm de achar um modo de impedi-lo. Disebek ordena que Bakenmut vá novamente atrás de Joquebede. Moisés sonha com flashes do rosto de Joquebede e acorda muito assustado.  

Quarta-feira, dia 16 de agosto

Yunet provoca Leila e a chama de hebreia imunda. Leila não suporta as provocações e retruca, mas acaba levando um tabefe de Yunet.  Henutmire flagra Yunet maltratando Leila e lhe dá uma bronca. Ela diz a Leila que punirá qualquer pessoa que a maltratar novamente, deixando Yunet furiosa. Seguindo os conselhos de Yunet, Ramsés finge ter paciência e faz de tudo para agradar Nefertari. Isabel segue o plano de Num e Arão e seduz Apuki, levando-o para seu quarto. Karoma consola Leila e diz que agora ela terá a proteção de Henutmire. Isabel embebeda Apuki e o deixa completamente rendido.  Yunet se vinga e corta os cabelos de Leila enquanto ela dorme. Eliseba fica furiosa com Arão ao saber sobre seu plano de vingança contra Apuki. Arão diz que só está fazendo o que acha justo e que Moisés também irá se dar mal. Joquebede escuta a conversa e questiona Arão sobre o que ele fez, deixando-o em uma saia justa. Arão discute com Joquebede e diz que teve de viver sem o pai porque ele se sacrificou para salvar Moisés. Joquebede fica chocada com a frieza do filho e diz que ela e Anrão teriam se sacrificado por qualquer um dos filhos. Arão chora arrependido e se lembra dos momentos que passou com Moisés quando eram pequenos. Moisés procura Paser e pergunta o significado de seu sonho.    

Quinta-feira, dia 17 de agosto

Disebek faz Ikeni jurar que não contará a Moisés sobre sua tentativa de assassinar Joquebede. Arão vai com Num ao prostíbulo e encontra Apuki completamente bêbado e adormecido. Ele agradece à Isabel por colaborar com seu plano e diz que o rei ficará furioso ao vê-lo naquele estado. Leila se assusta ao ver seus cabelos cortados e tem um ataque de fúria, partindo para cima de Yunet. Nayla aparta a briga, mas Leila diz que Yunet pagará pelo o que fez. Nefertari se abre para Karoma e diz que gosta de Ramsés, mas que seu coração pertence a Moisés. Uri se assusta ao ver o estado de Leila e ela diz que nunca se sentiu tão humilhada. Ela diz que irá partir para a vila com Bezalel, mas Uri a consola e tenta convencê-la a ficar. Arão e Num levam Apuki completamente bêbado para o local das obras do palácio.   Moisés e Seti vão com sua comitiva até o local de obras para a inspeção final. Seti elogia Moisés por seu bom trabalho como arquiteto e pede para falar com Apuki. Apuki aparece completamente embriagado e deixa Seti furioso. Arão sorri ao ver que seu plano deu certo, mas Num fica apreensivo. Seti manda que levem Apuki embora e ele chora bastante, humilhado. O faraó dá uma bronca em Moisés e diz que ele deveria escolher melhor seus subordinados, deixando-o sem jeito. Henutmire encontra Bezalel aos prantos e Hur acaba confessando que Yunet fez mal à Leila. Moisés e Ikeni vão até a vila dos hebreus. Henutmire ordena que Yunet peça desculpas à Leila e a deixa furiosa. Joquebede e Eliseba ficam aflitas à espera de notícias sobre Arão e seu plano de vingança.  Judite se espanta ao ver Apuki sendo carregado por Arão, Num e Zelofeade. Eles mentem, dizendo que Apuki passou mal durante a visita do rei.   Ramsés pergunta a Nefertari se ela esqueceu Moisés e ela muda de assunto, completamente sem jeito. Ramsés percebe que ela ainda ama Moisés e disfarça o ciúmes. Henutmire diz a Leila que ela terá de se vestir como egípcia para morar no palácio, mas que poderá continuar a cultuar seu Deus.

Sexta-feira, dia 18 de agosto

Leila chora, ainda resistindo à transformação, mas agradece a Henutmire por estar sendo tão gentil. Disebek conta para Henutmire que Moisés foi até a vila dos hebreus atrás de informações sobre a sua família de sangue. Ela teme que ele descubra toda a verdade e chora, dizendo que não quer perder o amor de Moisés Moisés encontra Miriã na vila dos hebreus e a reconhece. Ele pergunta pela senhora que a acompanhava no mercado e ela diz ser sua mãe, surpreendendo-o. Num discute com Arão e diz que seu plano de vingança está indo longe demais. Arão não lhe dá ouvidos e diz que ele não deveria defender Moisés nem Apuki. Leila se integra a vida no palácio e passa a ajudar Gahiji na cozinha. Ela diz para Karoma que tudo o que está fazendo é pela felicidade de Bezalel. Yunet faz um pedido de desculpas falso a Leila e lhe oferece um amuleto egípcio. Leila aceita o pedido de desculpas, mas diz que não pode ficar com o amuleto, pois ela não cultua deuses egípcios. Yunet finge estar ofendida e diz que o faraó não gostará de saber que existe uma hebreia preparando sua comida. Joquebede controla sua emoção ao ver Moisés entrar em sua casa junto de Miriã. Ele luta contra a emoção e pergunta o porquê dela ter se arriscado para vê-lo quando ele esteve preso. Bakenmut entra na casa de Joquebede sem ser notado. Ele surpreende Eliseba com uma faca no pescoço, pedindo para que ela fique quieta.

Envie seu comentário

Comentários (0)

Resumo de 'Belaventura' da semana de 14 a 18 de agosto

Severo diz à Pietra que ela está propondo uma aliança por causa de sua mãe e que, ela quer interrogar Cedric porque imagina que os dois tiveram algum contato no passado

(Foto: Blad Meneghel e Munir Chatack/Record TV)

Segunda-feira, dia 14 de agosto

Severo encara Pietra, que está firme diante dele. Severo diz à Pietra que ela está propondo uma aliança por causa de sua mãe e que, ela quer interrogar Cedric porque imagina que os dois tiveram algum contato no passado. Severo diz que Cedric sempre chamou sua mãe de bruxa. Marion está atordoada diante de Jacques, bastante surpresa com a revelação. Severo propõe à Pietra que procure por Bartolion e lhe pareça confusa, arrependida de ter fugido. Bartolion entra com Cedric imobilizado e Otoniel e Enrico se surpreende com o que veem. Corinto observa Solimara mexer um caldo. Corinto tenta provar o caldo, mas Solimara lhe dá uma colherada na mão. Lizabeta tenta conversar com Carmona, sem sucesso. Leocádia conversa com Jacques que está desapontado. Marion acusa Fernão de estar em conluio com Severo. Fernão disfarça. Pietra conta a Biniek que Severo quer que ela engane Bartolion para obter informações da caixa. Biniek diz à Pietra que os dois correm perigo e que serão descartados por Severo assim que ele descobrir informações da caixa. Biniek diz à Pietra que ela deve pedir proteção ao rei, e que Severo é procurado há anos. Pietra fica confusa. Jacques pede a Enrico que fale sobre as suspeitas de seu pai estar vivo. Otoniel lamenta a Bartolion que ele tenha sido levado à masmorra. Lizabeta pede a Enrico que interceda por Jacques e lembra que ele salvou sua vida. Nodier vai até o quarto de Carmona e diz que se Severo estiver vivo, Jacques será acusado de ter participado de uma conspiração. Jacques entra na sala do trono e encosta sua espada no chão e jura fidelidade ao rei, e diz que não sabia de nada sobre o paradeiro de seu pai. Fernão vai até a oficina de Joniel e procura por Gonzalo e pede uma encomenda para fazer uma caixa exatamente igual como a que está no desenho. Bartolion revela a Enrico o mistério que diferencia as quatro caixas lendárias. Enrico fica surpreso ao saber que a chave para a caixa de Pietra está no cordão que ele perdeu. Enrico descobre que Pietra é a mulher que sempre procurou. Bartolion diz que mais do que nunca Enrico precisa encontrá-la. Pietra caminha pela floresta até que se depara com Jacques. Pietra pede que a deixe passar e Jacques diz que só a deixa passar se ela contar onde está Severo.

Terça-feira, dia 15 de agosto

Pietra está tensa diante de Jacques, que a impede de passar. Jacques pede a Pietra que o leve até Severo e ela disfarça. Enrico diz a Bartolion que sabia que conhecia Pietra de algum lugar. Gonzalo analisa o pergaminho com o desenho da caixa, diante de Fernão. Fernão paga Gonzalo e pede sigilo. Enrico vai à procura de Pietra e é orientado por Bartolion para que tome cuidado. Carmona diz a Cedric que foi até Valedo e Marion contou algo sobre seu passado que a deixou confusa. Severo está no furioso no quarto de Marion e diz a Leocádia que ele é tratado como morto. Ele revela que quer retomar seu posto de volta. Dulcinéa está exausta, mas limpa o chão com afinco. Acallon surge e tira o pano da mão dela e diz vai ajudá-la. Dumas visita Tamar que continua doente. Pietra vai até a casa de Bartolion e pede que a ajude em como abrir a caixa. Falstaff encara Accalon após ele limpar todo o chão com Dulcinéa. Leocádia conversa com Arturo e diz que seu pai está vivo. Severo sai de trás de uma cortina e os dois se abraçam. Severo pede ao filho que mantenha o segredo do encontro deles. Enrico e Otoniel estão diante de Jacques. Cedric também está presente. Otoniel diz a Jacques que fará uma reunião para decidir se Jacques continua à frente da guarda no período de busca por Severo e Jacques jura lealdade a Otoniel. Enrico encara Jacques. Carmona comemora com Nodier e diz que logo Jacques estará fora de Belaventura. Eles se distraem e a charrete cai em um lamaçal. Tácitus carrega Carmona nos ombros e ela esperneia. Marion pede proteção a Otoniel caso ele esteja vivo e que poderá se vingar dela e de Jacques. Marion abraça Otoniel e o beija. Bartolion diz a Enrico que encontrou com Pietra e ela quer vê-lo. Pietra diz a Severo que vai entrar no castelo de Belaventura.

Quarta-feira, dia 16 de agosto

Pietra está agitada diante de Severo e diz que só ela pode entrar no castelo para pegar a chave. Enrico explica a Lizabeta que Pietra é a mulher de quem tanto fala e que irá enfrentar o que for preciso para ficarem juntos. Mistral entra e vê Otoniel e Marion se beijando e se desculpa. Brione conversa com Gonzalo sobre seu pai que pode estar vivo. Joniel entra e a questiona. Carmona está toda suja e Nodier pede desculpas e diz que foi um acidente. Polentina e Fubaldo comentam sobre a ida da filha do conde Severo na casa de Joniel. Severo está com Pietra para ajudá-la a entrar no castelo e espera por Fernão. Quando Fernão chega, Severo bate bastante e acusa-o de ter se aproveitado de toda a situação enquanto esteve fugitivo. Pietra intercede. Enrico está nervoso, diante de Bartolion e Lizabeta e se questiona como fazer para contar à Pietra que é um príncipe. Severo tenta matar Fernão por traição e Pietra entra no meio. Severo implora misericórdia. Otoniel questiona Marion sobre o que disse a sua filha que a deixou furiosa e fez graves acusações. Marion, dissimulada, encara Otoniel e revela que Vitoriana disse que se tivesse uma menina a entregaria para não decepcioná-lo. Brione chora e Gonzalo pede que confie nele e os dois se beijam. Joniel está revoltado com Gonzalo e Tiana tenta acalmá-lo. Severo revela a Pietra e Biniek que conheceu o filho. Otoniel se desculpa com Carmona e os dois se abraçam, emocionados e choram. Fernão chega no castelo todo machucado, com o rosto ferido e cruza com Marion. Ela se assusta quando vê seu estado. Marion discute com Fernão.  Jacques entra e diz que há pistas da presença de Severo vivo. Severo está bravo diante de Pietra. Severo diz a Pietra que precisa planejar sua entrada no castelo e que Cecric facilitará a entrada. Pietra diz que pegará a chave e Severo diz que não, que vai entrar com outro propósito. Severo coloca uma adaga no pescoço de Biniek. Severo diz que Pietra terá que matar o rei.

Quinta-feira, dia 17 de agosto

Na casa de Lucy, Pietra está tensa diante de Severo que quer matar o rei. Ela tenta fazê-lo mudar de ideia e ele fica mais furioso. No castelo Valedo, Jacques desconfia de Fernão e pergunta se ele sabe de alguma coisa sobre a flecha encontrada na floresta. Fernão diz não saber de nada mas Marion e Jacques não acreditam. Jacques diz para Fernão ir ao castelo Belaventura com ele. Cedric, Mistral e Bartolion continuam a conversar mas ainda confusos diante de Otoniel sobre o retorno de Severo. Bartolion também sugere mudar o regime de tributação e Otoniel aceita. Enrico vai conversar com Carmona e pergunta se ela está certa em levar adiante o compromisso com Nodier. Carmona fica surpresa. Na taverna, Nodier ainda briga com os jogadores. Eles não querem que Nodier continue jogando porque não efetua o pagamento. Falstaff ordena que continue jogando. Accalon segura Dulcinéa nos braços e diz que ela não precisa se submeter as vontades de Falstaff. Os dois trocam olhares. Lizabeta conversa com Elia e deixa no ar um clima de que está interessada em Jacques. Jacques insiste em levar Fernão para se explicar à guarda do rei. Fernão e Jacques lutam com suas espadas sob o olhar preocupado de Marion. Pietra consegue convencer Severo a não tramar o assassinato do rei. Em seguida ele toma outra decisão: obriga Pietra a colocar algumas gotas de veneno na água do príncipe. Severo se afasta e deixa Pietra assustada. Enrico diz para Carmona pensar no que é melhor para o reino de Belaventura. Ele diz para a irmã que vai se casar com a mulher que ama e não com a mulher que querem que ele se case. E diz que Carmona deve pensar direito se Nodier é a melhor pessoa para estar ao seu lado.  Na sala do trono, Otoniel, Cedric, Mistral e Bartolion estão reunidos. Otoniel decide colocar  Jacques para comandar a missão de buscas a Severo. Jacques e Fernão continuam lutando e Marion tenta separá-los sem sucesso. Arturo aparece e sem querer Jacques fere o irmão no braço. Marion se assusta e pede para Jacques ir embora. Ele diz que não foi por querer mas mesmo assim vai embora encarando Fernão com raiva. Enrico diz a Bartolion que contará a verdade à Pietra. Severo diz para Pietra que deve voltar com a chave da caixa e com a notícia de que o herdeiro do trono está morto. Pietra diz que não é capaz de matar ninguém e fica assustada. Otoniel diz a Jacques que ele ficará responsável pela busca de seu pai Severo. Jacques diz que está preparado e agradece pela confiança. Páris conversa com Tamar e diz que vai ao castelo conversar com o rei. Arturo diz à Marion que se Jacques tiver a coragem de entregar Severo se tornará inimigo dele. Lizabeta se encontra com Jacques e diz para ele ser fiel ao rei e que volte em segurança ao castelo. Ela amarra uma fita em seu braço para que ele não se esqueça que pode ter um bom motivo para voltar são e salvo. Um cavaleiro de Severo acaba de chegar com alguém encapuzado. Severo e Pietra estão ali, aguardando, até que o cavaleiro retira o capuz do visitante. É Cedric e Pietra fica tensa ao vê-lo. Cedric passa as informações a Severo de que o rei prepara uma guerra. Severo manda Pietra voltar ao castelo com Cedric. Enrico diz à Lizabeta que vai abrir mão do trono em favor de Carmona e que se Pietra aceitar se casar com ele terá de ir embora do reino. Jacques cavalga pela floresta. Severo aparece e pergunta se ele o está procurando. No castelo de Belaventura apenas Páris aparece para a reunião convocada. Enrico se assusta ao ver que ninguém apareceu. Páris diz que para contribuir na preservação do reino de Belaventura, espera em troca um ofício assinado neste momento pelo rei e pelo príncipe, garantindo o casamento de vossa alteza com Tamar. Pietra procura desesperadamente o cordão. Ela abre baús, caixas. A porta se abre e Enrico entra. Ela reconhece a voz dele e se vira. Pietra reconhece a voz e se surpreende ao virar e ver Enrico vestido como príncipe. Os dois ficam surpresos.

Sexta-feira, dia 18 de agosto

Pietra ainda está chocada diante de Enrico. Ela fica sem ação, até que faz uma reverência respeitosa e deixa Enrico sem jeito. Bartolion olha para Pietra com desconfiança e pergunta como ela entrou no castelo. Jacques discute com Severo. Lizabeta tenta convencer Carmona de desistir de assumir o trono que Enrico prometeu abdicar por causa dela. Leocádia discute com Marion e pergunta se vai apoiar Severo. Jacques discute com Severo que tenta se justificar pela ausência. Tiana culpa Joniel por Gonzalo querer sair de casa. Enrico conversa com Pietra e tenta convencê-la de que tudo que fez foi pelo seu bem. Pietra resiste mas acaba acreditando em Enrico. Enrico se declara para Pietra que cede. Jacque ameaça Severo. Jacques vai prender Severo, mas ele consegue fugir. Otoniel, Cedric, Mistral, Bartolion e Páris aguardam por Carmona na sala do trono. Carmona acredita que vai assumir o trono no lugar de Enrico. Otoniel pede que Carmona se case com Páris e ela fica chocada. Carmona faz uma reverência para Otoniel para surpresa de todos. Pietra diz a Enrico que Cedric pode estar envolvido no desaparecimento de sua mãe e revela contar tudo o que sabe a Enrico. Accalon entra na sala e interrompe a conversa dizendo que Severo está vivo e que conseguiu um infiltrado no castelo. Pietra se assusta ao ouvir aquilo. Carmona fica furiosa e derruba bandeja com frutas e diz à Elia que seu pai está conspirando contra ela e promete reverter a situação. Nodier fica furioso com a notícia e leva um tapa de Cedric. Cedric diz a Nodier que ele deveria ter seduzido Carmona e apressado um casamento. Gonzalo entra no castelo para ver Brione e eles se beijam. Gonzalo propõe fugir com Brione que fica assustada. Otoniel manda prender Jacques por traição. Pietra diz a Enrico que mentiu para ele e que esteve com Severo. É quando Cedric entra com dois guardas e dá ordem de prisão à Pietra.

Envie seu comentário

Comentários (0)